ENEM

O Enem, Exame Nacional do Ensino Médio, é uma avaliação realizada anualmente pelo Ministério da Educação (MEC/Inep) com o objetivo principal de fornecer um diagnóstico sobre o nível de domínio que os alunos que concluíram ou que estão concluindo a educação básica têm sobre competências e habilidades nas áreas de Linguagens e Códigos, Matemática, Ciências da Natureza e Ciências Humanas.

Os dados fornecidos pelo Enem informam acerca do desempenho acadêmico dos alunos e são utilizados como suporte para o desenvolvimento de políticas públicas e ações pedagógicas que beneficiam os sistemas e redes de ensino do país.

Além disso, atualmente, o Enem é o principal método de ingresso nas instituições de ensino superior e, em muitos casos, substituiu o vestibular.

 

Confira o que você pode fazer com anota do Enem:

Sisu

Um sistema em que você concorre a vagas de cursos de graduação em universidades públicas de todo o país.

Confira mais informações sobre o SiSU na página oficial.

FIES

Um programa de financiamento estudantil para cursar o Ensino Superior em universidades privadas.

Confira mais informações sobre o Fies na página oficial.

ProUni

Uma concessão de bolsas de estudo integrais e parciais em universidades privadas para estudantes de baixa renda.

Confira mais informações sobre o Prouni na página oficial.

Portugal

Algumas universidades portuguesas aceitam a nota do Enem como forma de ingresso.

Confira mais informações no site do Inep!

TEORIA DE RESPOSTA AO ITEM

Mais do que quantificar as questões acertadas, o que interessa para o Enem é descobrir o que os alunos realmente aprenderam. Para isso, ele utiliza um conjunto de modelos estatísticos chamado Teoria de Resposta ao Item (TRI), que leva em conta a dificuldade de cada questão respondida pelos alunos: aquelas com baixos índices de acerto (consideradas difíceis) têm um peso maior na pontuação final do que questões com altos índices de acerto (consideradas fáceis). Dessa forma, as notas finais dos alunos dependem do perfil de questões que são respondidas corretamente, não da quantidade.

Com a TRI, portanto, a nota do aluno não representa um desempenho individual, mas sim a posição que ele ocupou na escala onde todos os demais participantes também são incluídos. Essas escalas são como uma reta numérica, em que os números representam posições. Para construí-las, a cada edição do Enem a dificuldade das questões é equalizada com a escala de proficiência padronizada do exame, o que faz com que os resultados possam ser comparáveis ano a ano, mesmo com a aplicação de provas diferentes em públicos distintos. É na análise desses dados ao longo do tempo que a sociedade e as redes de ensino podem tirar conclusões referentes ao desempenho dos alunos, identificando quais áreas têm resultados adequados e quais ainda necessitam de investimentos. 

ESTE É UM PROJETO

logopreta.png
Logo_ResAlta.jpg
logo.png
suanotadoenem-logo.png
Logo_ResAlta_edited.png

trieduc.com.br

contato@trieduc.com.br

(11) 3797-6350

  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco
  • LinkedIn - Círculo Branco